ptafzh-TWnlenfrdeelitjaltruessv

Enfermeiros Militares prometem protestos

 

Associação Portuguesa de Enfermagem Militar

 

Decorreu ontem em Lisboa, mais uma reunião da APEM, tendo obtido uma adesão recorde por parte de Enfermeiros(as) e outros Profissionais de Saúde interessados nas nossas temáticas.

Estiveram presentes Enfermeiros de todos os ramos das Forças Armadas, Enfermeiros Civis e outros Técnicos de Saúde das mais diversas áreas.

Congratulamo-nos e felicitamos desde já todos os presentes por tão grande adesão.

 

Em agenda e em destaque estiveram temas /assuntos tais como:

  • a realização de um Congresso Internacional de Enfermagem Militar em Portugal para o próximo ano de 2013, e os apoios já conseguidos por parte de Instituições Estrangeiras;
  • a transição que está em curso para a constituição do novo Hospital das Forças Armadas com particular relevância sobre a recente lei regulamentar nº 51/2012 que estabelece a estrutura orgânica daquela unidade hospitalar;
  • a recente noticia da Ordem dos Enfermeiros sobre a eventual impugnação de um concurso para Enfermeiros no Exercito;
  • a especificidade das ações do Enfermeiro Militar em teatros de operações diversos;
  • a definição de linhas orientadoras que consigam reger o exercicio da profissão de enfermeiro(a) no contexto da instituição militar.

 

Dentro de um clima de clara insatisfação pela recorrente discriminação e desvalorização da Enfermagem Militar que persiste há 24 anos, o encontro decorreu num ambiente familiar com momentos de descontração e partilha de experiências vividas nos mais diversos cenários.

 

«SOMOS 100% MILITARES E 100% ENFERMEIROS(as)»

 

Ficam os nossos agradecimentos a todos os Profissionais de Saúde que estiveram presentes (alguns deles de fora da área de Lisboa) e também ao NH Hotel pelo agradável acolhimento que nos proporcionou.

 

 

APEM - Feita por ti .. para TODOS!

 

16 de Dezembro de 2012

 

Go to top