OUltima-Horantem o Hotel Real Palácio em Lisboa, foi palco de um Encontro de Enfermeiros Militares. Os responsáveis pela Associação começaram por dar conta da proposta de alteração do EMFAR que lhes foi dada a conhecer oficialmente pelo MDN, onde pudemos constatar a consagração de uma mudança histórica que constitui uma vitória para a Enfermagem e em particular para a Enfermagem Militar. Foi igualmente apresentada aos presentes a tomada de posição da APEM, já enviada ao MDN.

Cerca de uma centena de Enfermeiros e Técnicos de Diagnóstico e Terapêutica, discutiram construtivamente as responsabilidades e os desafios que a ascenção à classe de Oficiais vai trazer à profissão, assim como manifestaram natural preocupação sobre o actual conteúdo do EMFAR e nas linhas que definem essa transição.

A colocação / graduação no posto de STEN/ALF é um dos pontos fulcrais e fundamentais para que injustiças não sejam feitas, permitindo que a Formação Complementar (Estágio / Tirocínio) decorra, posteriormente, com normalidade num curso que não deve ultrapassar as 9 semanas. Defende-se, como execuivel e perfeitamente possível, que o período de transição não exceda os 2 anos.

É ainda relevante a preocupação com os Enfermeiros agora colocados na categoria de Sargento Superior, militares em final de carreira e os mais atingidos pela discriminação e desigualdade que a profissão foi alvo nos últimos 26 anos. A colocação destes militares no posto de 1º TENENTE / CAPITÃO, atenua a injustiça e não acarreta encargos financeiros acrescidos.

Destaca-se ainda a afluência de muitas "caras" novas e principalmente de profissionais em inicio de carreira.

Num misto de juventude e experência, é com enorme orgulho e satisfação que finalmente se observa o reconhecimento da Profissão e da sua Licenciatura, perspectivando-se no futuro a responsabilidade e o desafio de elevar e dignificar a profissão de Enfermeiro Militar em toda a sua plenitude de funções.

As Forças Armadas, a Enfermagem em Geral e o País saem a ganhar!

 

APEM. 14 de FEVEREIRO de 2015

Go to top