Momentos de Mudança III

PalestraGuiaDeBolsoCaros sócios, amigos e simpatizantes da APEM. É com muita satisfação que, temos ouvido nos últimos dias, alguns ecos na comunicação social, sobre o futuro da Enfermagem Militar. No atual contexto, é expectável que, finalmente a Enfermagem Militar seja reconhecida pela sua licenciatura, por todas as partes que sempre tiveram conhecimento desta injustiça, que já dura há 26 anos.

Algumas dessas partes nem sempre entenderam que, com uma Enfermagem Militar melhor formada e reconhecida de uma forma justa, todos saem a ganhar nas Forças Armadas e especialmente, os seus utentes. E isto, não obstante a Enfermagem Militar sempre ter estado na vanguarda da qualidade académica. A APEM, congratula-se, com o facto de ser hoje, um interlocutor activo, unanimemente aceite e credível, junto de todas as Entidades intervenientes em todo este processo de reconhecimento.

É assim, com um enorme contentamento que, a APEM tem sentido nos últimos tempos, um apoio à Enfermagem Militar, sem excepção, vindo de todas as áreas, quer militares quer políticas, o que só a dignifica. Todos sabemos que, quanto mais formação e reconhecimento uma classe tiver, mais conceituada e eficiente é a Instituição a que ela pertence. Em linguagem de marinheiro e que me perdoem os camaradas do Exército e da Força Aérea, é bom constatar que, finalmente todos “remam no mesmo sentido” e o momento tão esperado aproxima-se com a publicação próxima do novo EMFAR. E é neste âmbito, com imensa expectativa que, aguardamos o novo desenho da nossa carreira futura, que tenho a certeza será sempre mais e mais aliciante, fruto da dinâmica que seremos capazes de lhe imprimir.

A Saúde Militar nas suas mais variadas vertentes de actuação, também nunca mais será a mesma, nem as equipas multidisciplinares que a compõem, e essa será uma nova nossa competência e agradável responsabilidade. Uma Enfermagem Militar reforçada nas suas competências, trará sempre um valor acrescido quer à prática diária, quer à permanente investigação científica, tão vital em todas as áreas do conhecimento.

A APEM, quer assim transmitir neste momento de expectativa, a todos os camaradas Enfermeiros, a sua solidariedade, a serenidade que se exige e muita confiança no futuro que, é já amanhã.    

Saudações cordiais do camarada José Bizarro.
Presidente da APEM       

Go to top